Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Irmãos são presos suspeitos de comercializar linha chilena e material para cerol em Santa Luzia

Por Redação, 26/07/2019 às 15:58
atualizado em: 26/07/2019 às 16:16

Texto:

Dois irmãos, de 31 e 24 anos, foram presos nesta sexta-feira suspeitos de vender linha chilena e material para produzir cerol no bairro Palmital, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Uma denúncia levou a Polícia Militar à loja Casa das Pipas, onde foram apreendidos tubos de linha chilena, cola vegetal e saquinhos de chup chup com vidro moído. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Plantão de Santa Luzia.

Segundo o tenente Charles Paiva, assessor de comunicação do 35º Batalhão, a pena para a venda de cerol e de linha chile é de multa de R$ 100 a R$ 1,5 mil e prisão de 3 meses a 1 ano.

O policial afirmou que há na cidade um projeto para incentivar as crianças e adolescentes a não usarem os materiais cortantes. “A gente vai em todas as escolas explicar a forma de soltar a pipa sem usar o cerol”, comentou.

A linha chilena

Produzida de forma clandestina, a partir de uma mistura de óxido de alumínio e quartzo, a linha chilena é mais cortante e resistente do que a linha com o cerol caseiro. A comercialização destes produtos é proibida em Minas Gerais, conforme estabelece a Lei Estadual 14.349/02. Mesmo assim, é vendido livremente em lojas e pela internet.

Amputação

No sábado (20), Gabriel Lucas Alves, de 15 anos, voltava do treino de futebol e estava na calçada esperando para atravessar a rua quando foi gravemente ferido por uma linha chilena na altura dos joelhos em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Conforme testemunhas, a linha estava no chão, enrolou na roda de um ônibus e atingiu o adolescente. O ferimento foi muito profundo, atingindo nervos, artérias e veias. Nessa quarta-feira (24), ele passou pela terceira cirurgia e teve de amputar a perna esquerda. A Polícia Civil investiga o caso e procura o motorista do ônibus e quem jogou a linha no chão.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link