Notícias

Aumento de reclamações de consumidores em primeiro semestre se deve à pandemia, diz Anatel

Por Patrick Vaz, 09/08/2020 às 09:19
atualizado em: 09/08/2020 às 16:08

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Reprodução/Agência Brasil
Reprodução/Agência Brasil

RESUMO

  • Aumento de reclamações de consumidores em primeiro semestre se deve à pandemia, diz Anatel


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) diz que o aumento considerável do número de reclamações de consumidores sobre os serviços no primeiro semestre deste ano tem relação com a pandemia. Foram registradas 1.520.500 reclamações contra as prestadoras.

Neste período, uma queda de 2% em comparação ao mesmo período do ano passado e uma alta de mais de 6% em relação ao semestre anterior. Neste momento de isolamento social, em que grande parte da população está em casa conectada na internet, é desse segmento de banda larga que vem as reclamações em massa dos consumidores.

São quase 400 mil reclamações, o que representa um aumento de 40% em relação ao trimestre anterior. O gerente de Interações Institucionais da Anatel, Fábio Lúcio Koleski, fala sobre essa pesquisa. 

“O principal motivo para temos um 1,5 milhão reclamações do semestre é o próprio tamanho do mercado, que é gigantesco. O Brasil tem hoje mais de 300 milhões de contratos e serviços de Telecom em vigor, incluindo telefonia fixa, celular, TV por assinatura e internet fixa. Talvez nenhum outro setor regulado em nosso país tenha um número tão grande de consumidores. Então é natural que o volume de reclamações seja maior também. A Anatel acredita que é possível reduzir esse número de reclamações e tem trabalhado para isso”, explicou.

O gerente de Interações Institucionais da Anatel diz que a agência tem pressionado as prestadoras de serviço a realizar um melhor atendimento. “Temos cobrado das operadoras que melhorem os canais de atendimento e que consigam resolver os problemas dos consumidores sem que eles reclamem na agência ou nos Procons”, afirmou. 

Fábio Lúcio Koleski explica que o aumento de reclamações ocorre todo início de ano. Contudo, em 2020, o agravante foi a pandemia. 

“Tradicionalmente há mais reclamações no primeiro semestre. Isso ocorre todo ano. Em 2020, o que mudou foi a questão do isolamento social. As pessoas começaram a usar mais a internet fixa. Em algumas casas, passou a ser comum encontrar várias pessoas fazendo reuniões online ao mesmo tempo. Isso exige mais das conexões individuais e os consumidores passaram a perceber mais os problemas de qualidade”, argumentou. 

Ouça a reportagem completa no início da matéria.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link