Notícias

Conheça o perfil dos 23 jogadores da Seleção Brasileira no Pré-Olímpico; dois são do Atlético

Por Agência Estado , 07/01/2020 às 12:39
atualizado em: 07/01/2020 às 12:44

Texto:

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira olímpica iniciou a preparação para a disputa do Pré-Olímpico de 2020, que vai acontecer entre os dias 18 de janeiro e 9 de fevereiro. Com 23 jogadores e sob o comando do técnico André Jardine, a equipe treina na Granja Comary até a próxima semana antes de embarcar para a Colômbia.

Em disputa estarão duas vagas diretas, além da indicação de um terceiro representante para a repescagem. O Brasil jogará três partidas na sede de Armênia e uma na de Pereira. A estreia está marcada para o dia 19 de janeiro diante do Peru. Depois, a seleção volta a campo no dia 22, contra o Uruguai, folga na terceira rodada e termina a primeira fase contra Bolívia e Paraguai, respectivamente, em 28 e 31 de janeiro. 

Os dois primeiros colocados de cada grupo vão avançar para o quadrangular final, que começa no dia 3 de fevereiro. Os dois melhores da fase final estarão classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O Brasil conquistou a medalha de ouro na última Olimpíada, realizada em 2016 no Rio de Janeiro.

Conheça abaixo o perfil dos jogadores convocados:

GOLEIROS

Cleiton - Atlético

Catarinense de Descanso, o jogador de 22 anos estreou pela equipe profissional de clube em 2017, em jogo contra a Chapecoense. Cleiton defendeu a Seleção Brasileira no Sul-Americano sub-20 há dois anos.

Ivan - Ponte Preta

Natural de Piracicaba, interior de São Paulo, o goleiro de 22 anos teve ascensão meteórica e foi convocado por Tite para a seleção principal para amistosos no fim de 2019. Ele estreou como titular da Ponte no dia 17 de janeiro de 2018.

Phelipe - Grêmio

O jovem nascido em Campinas também chegou a ser convocado por Tite para ser observado em 2018. Hoje aos 20 anos, ele deve ganhar chances na equipe do Grêmio após disputar o Pré-Olímpico. A ideia da comissão técnica do time gaúcho é dar experiência ao goleiro durante o estadual.

LATERAIS-DIREITOS

Dodô - Shakhtar Donetsk

Despontou no Coritiba em 2016 e foi vendido ao Shakhtar no fim de 2017 por 2 milhões de euros (R$ 7,8 milhões na cotação da época). Na equipe ucraniana, foi decisivo em jogos no ano passado ao sair do banco e marcar gols. Ele tem 21 anos e é natural de Taubaté, interior de São Paulo.

Guga - Atlético

Carioca, tem 21 anos e foi revelado no Avaí, até se transferir para o Atlético no início de 2019. Ele foi titular em diversas partidas e se envolveu em polêmica no fim da temporada, quando apareceu em vídeo comemorando o título do Flamengo. Após pedir desculpa, foi reintegrado ao elenco do time mineiro.

LATERAIS-ESQUERDOS

Iago - Augsburg 

Foi vendido pelo Internacional no meio de 2019 para o Augsburg, da Alemanha, por 6,5 milhões de euros (R$ 28,3 milhões na cotação da época). Revelado nas categorias de base do clube colorado, estreou no profissional em 2017, disputou 80 partidas no total e marcou dois gols. Tem 22 anos e nasceu em Monte Azul Paulista, interior de São Paulo. Entrou de última hora na lista de convocados na vaga de Ayrton Lucas, que não foi liberado pelo Spartak de Moscou.

Caio Henrique - Atlético de Madrid

Aos 22 anos, o jogador tem futuro indefinido para esta temporada  Ele foi um dos destaques do Fluminense em 2019 e o clube tentou renovar o vínculo de empréstimo com o Atlético de Madrid, da Espanha, mas não teve sucesso. Foi revelado pelo Santos, time da cidade onde nasceu.

ZAGUEIROS

Nino - Fluminense

Outro destaque do Fluminense em 2019, o jovem de 22 anos foi comprado pelo clube carioca e permanecerá na próxima temporada. Ele estava emprestado pelo Criciúma e é natural de Recife.

Bruno Fuchs - Internacional

Natural de Ponta Grossa, interior do Paraná, o jovem de 20 anos é destaque da base do Inter e chegou a ser chamado por André Jardine para outros compromissos da Seleção Brasileira. No entanto, só disputará o Pré-Olímpico porque Ibanez não foi liberado pela Atalanta.

Robson Bambu - Athletico-PR

Cria da base do Santos, foi um dos destaques do Athletico-PR na temporada passada até passar por cirurgia no segundo semestre. Ele nasceu em São Vicente, na Baixada Santista, e tem 22 anos. 

Walce - São Paulo

O zagueiro é de Cuiabá (MT) e tem 20 anos. Destaque das categorias de base do São Paulo, não teve muitas chances no elenco profissional e recebeu proposta do Red Bull Bragantino. No entanto, o clube tricolor não aceitou porque aposta no jovem zagueiro para o futuro e entende que vale mais do que foi oferecido.

MEIO-CAMPISTAS

Bruno Guimarães -  Athletico-PR

O volante de 22 anos esteve na seleção do Campeonato Brasileiro de 2019 divulgada pela CBF. Nascido no Rio de Janeiro, ele despontou nas categorias de base do Audax até chegar ao Athletico-PR. Tem sido observado por clubes europeus e pode ser vendido neste ano.

Maycon - Shakhtar Donetsk

O paulistano de 22 anos foi convocado de última hora para a vaga de Douglas, que não recebeu a liberação do PAOK. É cria da base do Corinthians, chegou a ser emprestado à Ponte Preta, voltou e foi um dos destaques da equipe do então técnico Fábio Carille até ser vendido no meio de 2018.

Matheus Henrique - Grêmio

O volante de 22 anos passou a ganhar espaço na equipe gaúcha ao longo da temporada passada e recebeu diversos elogios do técnico Renato Gaúcho. Foi chamado por Tite para amistosos no fim de 2019. Nascido em São Paulo, ele foi revelado pelo São Caetano.

Igor Gomes - São Paulo 

Nascido em São José do Rio Preto e cria da base do São Paulo, o meia de 20 anos se destacou durante o Campeonato Paulista de 2019. Perdeu espaço com o técnico Cuca e voltou a ser utilizado após a chegada de Fernando Diniz em setembro. Terminou a temporada como titular.

Pedrinho - Corinthians

Aos 21 anos, o alagoano de Maceió foi um dos principais jogadores da equipe alvinegra na temporada passada. Ele é canhoto, veloz e driblador. Por ser franzino, recebeu do clube um trabalho de reforço muscular. O meia já despertou o interesses de times europeus e renovou contrato com o Corinthians até o fim de 2023.

ATACANTES

Bruno Tabata - Portimonense

Cria da base do Atlético, transferiu-se para o Portimonense, de Portugal, ainda em 2016. Teve destaque logo em sua temporada de estreia com o time profissional em 2017, mas sofreu com lesões em 2018. Voltou a ter boas atuações no ano passado e chamou a atenção de outros clubes europeus. Tem 22 anos e nasceu em Ipatinga, em Minas Gerais.

Pepê - Grêmio

Subiu ao profissional da equipe gaúcha em 2018 e destacou-se no ano passado, com boas atuações e gols decisivos. Ele tem 22 anos e nasceu em Foz do Iguaçu, no Paraná. É outro jovem que tem despertado interesse de clubes europeus, mas o Grêmio busca manter o jogador que é visto como sucessor de Everton Cebolinha

Antony - São Paulo

Destaque na conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2019, subiu ao elenco profissional e logo assumiu a titularidade  Despertou interesse de clubes europeus, e o São Paulo recusou proposta de 20 milhões de euros (R$ 85 milhões) do Manchester City no meio do ano passado. Tem 19 anos e é natural de Osasco.

Matheus Cunha - Red Bull Leipzig

O paraibano de João Pessoa está com 20 anos e ganhou destaque internacional recentemente ao ter um gol indicado ao Prêmio Puskás, da Fifa. Depois de jogar nas categorias de base do Coritiba, ele se transferiu ao Sion, da Suíça, em 2017 e no ano seguinte, migrou para a Alemanha, onde tem 40 jogos e oito gols anotados.

Paulinho - Bayer Leverkusen

Carioca, tem 19 anos e começou no Vasco, onde estreou como profissional ainda aos 17 anos, em jogo do Campeonato Brasileiro  O clube carioca vendeu ao jogador ao futebol alemão no ano passado, por cerca de R$ 85 milhões. Paulinho tem passagens pelas seleções de Base do Brasil e pelo Bayer Leverkusen, tem 21 jogos e um gol marcado.

Reinier - Real Madrid

Jovem de 17 anos foi vendido pelo Flamengo no último fim de semana para o Real Madrid, da Espanha, por 30 milhões de euros (cerca de R$ 136 milhões). Ele subiu ao elenco profissional da equipe rubro-negra no fim de 2019 e disputou 15 jogos, com seis gols e duas assistências. É natural de Brasília. 

Yuri Alberto - Santos

Aos 18 anos, é visto como promissor no time alvinegro, mas perdeu espaço em 2019 e passou a ser utilizado no sub-20. Apesar de não embalar no Santos, seguiu com prestígio na Seleção Brasileira e foi capitão da sub-18 em amistosos no ano passado. É natural de São José dos Campos, interior de São Paulo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link