Notícias

No aniversário de 26 anos do tetra, Parreira diz em qual jogo viu que Brasil teria chances de ser campeão

Em entrevista à Itatiaia, treinador também comentou sobre as dificuldades enfrentadas pela equipe no Mundial de 1994, nos Estados Unidos

Por Redação, 17/07/2020 às 21:21
atualizado em: 17/07/2020 às 21:41

Texto:


O tetracampeonato da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, completou 26 anos nesta sexta-feira. O técnico Carlos Alberto Parreira, comandante daquele time, relembrou, em entrevista à Itatiaia, as dificuldades enfrentadas pela equipe, devido aos jogos em pleno meio-dia.

“Uma Copa do Mundo difícil, disputada ao meio-dia, um calor insuportável. Jogamos contra a Holanda (quartas de final) com 37ºC. Era desumano. Mas os jogadores souberam vencer todos esses obstáculos, se superaram e o Brasil foi campeão. É uma experiência única, indescritível, que marca a sua vida para sempre”, disse.

Parreira afirmou também que o fato de o Brasil, considerado por muitas pessoas como o melhor futebol do mundo, não chegar à final da Copa desde 1970 já incomodava.

“É muito especial ser campeão do mundo. Foram disputadas 21 Copas do Mundo e o Brasil conseguiu ganhar cinco. É realmente muito difícil. Naquela ocasião, em 1994, conseguimos acabar com um jejum que incomodava demais. O melhor futebol do mundo, entre aspas, não chegava sequer a uma final há 24 anos”, disse.

O treinador também comentou quando percebeu que o time poderia vencer a Copa de 1994. Segundo Parreira, a vitória por 2 a 0 sobre o Uruguai, no último jogo das Eliminatórias, no Maracanã, que classificou o país para o Mundial, foi uma “exibição de gala” e deu a ele a confiança de que o Brasil poderia conquistar o título.

“Foi no jogo contra o Uruguai, no Maracanã, um ano antes. O Brasil fez uma exibição de gala contra o Uruguai, que sempre é um adversário que deve ser respeitado. Nós chegamos ao último jogo das Eliminatórias com 120 mil pessoas no Maracanã. O Uruguai precisava da vitória e a gente só do empate. Mas eles não passaram do meio-campo, foi 2 a 0, mas poderia ter sido muito mais. Foi uma atuação consistente e que me deu a confiança de que eu tinha uma equipe com bons jogadores. Na entrevista coletiva após a partida, eu disse que se repetíssemos a atuação daquele jogo teríamos chance (de conquistar a Copa do Mundo)”, finalizou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link