Notícias

Para profissionais da saúde, Dia dos Pais vai ser marcado por saudade e distancia

Trabalhadores da linha de frente do combate a covid-19 vão passar o domingo cuidando de quem estar internado com a doença

Por Patrick Vaz, 09/08/2020 às 12:11
atualizado em: 09/08/2020 às 12:51

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Reprodução
Reprodução

RESUMO

  • Para os profissionais da saúde, o Dia dos Pais vai ser marcado por saudade e distancia  
  • Trabalhadores da linha de frente do combate a covid-19 vão passar o domingo cuidando de quem estar internado com a doença 
  • Ouça a matéria completa do repórter Patrick Vaz


O tradicional Dia dos Pais deste ano vai ser diferente para boa parte das famílias brasileiras por causa do isolamento social. Para muitos, o almoço ao lado dos filhos, pais e avós vai ficar para frente. O momento ainda é de incerteza e insegurança devido a pandemia do novo coronavírus. 

A opção vai ser um telefonema, uma mensagem ou uma chamada de vídeo para não deixar a data passar em branco. Para aqueles da área da saúde, que estão na linha de frente do combate a pandemia e precisam ficar dias e meses longe de casa, o dia vai ser de muito trabalho. 

Longe de casa, a saudade é grande e a vontade de abraçar os pais os filhos aperta o peito. É assim que o enfermeiro intensivista Edmilson Antonio Mariano explica a sensação de estar distante neste dia. 

“A gente tá vivendo um momento em que estamos mais perto de Deus. Embora a família seja esse elo de ligação com Deus, nesse momento, a gente precisa está com a fé bem estabelecida para suportar a distância da própria família. É a minha fé que deixa o meu coração mais próximo do meu pai e do  meu filho. E temos que ter fé e esperança de um novo amanhecer. A gente espera que o sol nasça para todos. Eu espero que esse nascer do sol para todos seja a cura soberana para a humanidade”, explicou Edmilson. 

Do plantão do Hospital de Pronto-socorro João XXIII, o técnico de enfermagem Marcos Antônio de Oliveira, guarda o pai na memória e no coração, também vai passar o dia dos pais longe de casa. 

“Infelizmente esse momento é complicado. Esse momento nos trouxe a separação dos pais e filhos. Eu trago na minha memória a imagem dos meus dois filhos, que me perguntaram se eu ia estar em casa neste domingo e eu tive que responder que não porque ia estar no hospital cuidando daqueles que foram vítimas da doença”, sem conseguir conter as lágrimas, contou o técnico em enfermagem. 

A reportagem especial completa sobre o dia dos pais você ouve no início desta matéria.   
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link