Notícias

Presidentes do Congresso e da Câmara lamentam marca de 100 mil mortos pela covid-19

Nas últimas 24 horas, foram mais 905 mortos pela doença; agora, são 100.477 óbitos, segundo o Ministério da Saúde

Por Larissa Arantes, 09/08/2020 às 07:22
atualizado em: 09/08/2020 às 07:27

Texto:

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Marcello Casal Jr./Agência Brasil

RESUMO

  • Presidentes do Congresso e da Câmara lamentam marca de 100 mil mortos pela covid-19
  • Nas últimas 24 horas, foram mais 905 mortos pela doença; agora, são 100.477 óbitos, segundo o Ministério da Saúde
  • No total, são 3.012.412 casos confirmados do novo coronavírus no território


Os principais representantes do Congresso Nacional e da Câmara dos deputados lamentaram, nesse sábado (9), pelas redes sociais, a marca de 100 mil mortos pela covid-19 no Brasil, em cinco meses. 

Nas últimas 24 horas, foram mais 905 mortos pela doença. Agora, são 100.477 óbitos, segundo o Ministério da Saúde. No total, são 3.012.412 casos confirmados do novo coronavírus no território. O Brasil é o segundo país com o maior número de mortes e casos, atrás apenas dos Estados Unidos.

O presidente do Congresso, o senador Davi Alcolumbre, decretou luto oficial de quatro dias no parlamento. Nas palavras dele, em solidariedade a todos os brasileiros afetados pela pandemia e vítimas da tragédia, Alcolumbre disse que é um dos dias mais tristes da história recente do país.

O presidente da Câmara dos Deputado, Rodrigo Maia, ao lamentar a marca de 100 mortos, disse que cada vida é única e importa. Maia afirmou que estamos convivendo diariamente com a pandemia, mas não podemos ficar anestesiados e tratar com naturalidade esses números.

Ainda pelas redes sociais, o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro declarou que a sociedade precisa se movimentar diante desses números. “Não podemos nos conformar nem apenas dizer: cem mil e daí. São mais de 100 mil mortos. São 100 mil famílias que perderam entes para covid", escreveu.  
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link